ACOMPANHE NAS REDES:

Notícias

Em Porto Alegre, Braga participa do Dia de Mobilização contra o Aedes

Em Porto Alegre, Braga participa do Dia de Mobilização contra o Aedes
12/02/2016

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, participou neste sábado (13/2), em Porto Alegre, do Dia de Mobilização Nacional de combate ao Aedes Aegypti, representando o governo federal. “O esforço do governo federal é exatamente de se somar aos governos estaduais, às prefeituras e à sociedade brasileira, para que nós possamos fazer esse enfrentamento e vencer esse desafio. Para darmos a nossa geraçao de jovens e de crianças um futuro em que essa luta, essa guerra, esteja vencida. Nós do setor energético também estamos engajados”, disse o ministro, durante o evento.

Em Porto Alegre, Braga participou do ato oficial e das ações programadas pela prefeitura, com o prefeito José Fortunatti e com o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, na Gerência Distrital de Saúde Partenon/Lomba do Pinheiro. As autoridades também participaram de caminhada com o efetivo do Exército e visitas a residências e estabelecimentos comerciais.

O setor energético está engajado nessa luta. No dia 28 de janeiro foram anunciadas medidas que o setor energético-mineral estruturou e colocou em prática para reforçar a mobilização do Governo Federal de combate ao mosquito. Eduardo Braga relembrou as ações que já estão em curso nas empresas públicas e privadas, autarquias e entidades do setor, de limpeza e manutenção semanal de suas instalações, livrando usinas, linhas de transmissão, subestações e escritórios das empresas do mosquito, bem como treinando os funcionários para manterem essas rotinas em seus lares.

A principal ação setorial de combate ao mosquito é a parceria com a Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), para que os mais de 40 mil agentes que realizam a leitura dos relógios de eletricidade apontem locais com suspeita de focos do Aedes Aegypti. Foi criado código específico que o leiturista pode marcar durante suas leituras dos relógios, e esses dados são enviados para as salas estaduais de coordenação do combate ao Aedes, para incluírem tais endereços em suas ações.

No Rio Grande do Sul, Braga parabenizou as equipes da CGTEE, que estão engajadas nessas ações, com os leituristas ajudando no combate ao mosquito. A ação já está sendo aplicada nas distribuidoras do grupo Eletrobras, CPFL, CEB, Elektro, Light e Celpe, estando em fase de aplicação nas empresas dos grupos CEEE-D, Cemig-D, CME-D, AES Eletropaulo, e Ampla.

Além disso, foram inseridas nas contas de luz e de gás mensagens de orientação e conscientização à população sobre o combate ao mosquito e sintomas da Dengue, Chikungunya e Zika, transmitidas pelo Aedes. Com essa medida, 80 milhões de unidades consumidoras de energia elétrica em todo o país passarão a receber as mensagens em suas contas de luz, e outros 2 milhões serão recebidos pelos consumidores de gás encanado. Todas as empresas aderiram, e já iniciaram a inclusão da mensagem.

Ministro se reúne com diretoria e funcionários da CGTEE

Em Porto Alegre, o ministro Eduardo Braga realizou teleconferência com os representantes dos funcionários da Usina Termelétrica de Candiota, juntamente com o presidente da CGTEE, Francisco Romário Wojcicki, e os diretores da empresa. Braga reiterou o chamado do envolvimento deles e de todas as empresas do setor na campanha.

“Os senhores exercem um papel de liderança em suas comunidades, escolas, nas famílias. O engajamento dos senhores será muito importante”, destacou. Os funcionários apresentaram plano de trabalho já iniciado de ações de combate e informaram que o treinamento sobre o assunto já está incorporado ao conjunto de treinamentos oferecidos aos funcionários.

Mobilização nacional de combate ao Aedes Aegypti

O governo federal realiza neste sábado a mobilização nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti. O objetivo é fazer com que a sociedade se sensibilize com o tema e ajude a eliminar os criadouros do inseto transmissor do zika vírus. Cerca de 220 mil militares farão visitas de conscientização em residências e estabelecimentos comerciais em 353 municípios (115 capitais e municípios com mais de 50 mil habitantes e 238 municípios populosos). A ação vai contar também com a presença de 46 mil agentes de combate às endemias, mais de 266 mil agentes comunitários de saúde, além da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

A mobilização é a segunda etapa do cronograma criado pelo Ministério da Defesa, que já promoveu a eliminação de focos do mosquito em unidades das Forças Armadas e órgãos públicos. Em uma terceira etapa, o cronograma prevê a ação de militares em conjunto com agentes de saúde. Ele visitarão residências para eliminar nascedouros do mosquito entre os dias 15 e 18 de fevereiro.

 

Já a quarta fase do plano da Defesa será desenvolvida em parceria com o Ministério da Educação, entre 19 de fevereiro e 4 de março, quando as escolas públicas serão visitadas por militares, em palestras aos estudantes sobre a necessidade de combater o Aedes aegypti.

 

Destaques

Copyright © 2013 - Ministro Eduardo Braga. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Studio Web